Empatia é tudo

empatia

Lidar com pessoas exige uma capacidade básica que deixamos de lado pela influência do próprio ego: a empatia.

É fácil usar a hashtag #empatia. Mas na prática, é necessário respeito, tolerância e muita, muita paciência.

Quando você passa o dia lidando com pessoas, é natural entrar no automático e correr o risco de tratá-las como qualquer coisa. E nessa, acabar machucando alguém.

O pior é quando esse alguém é um cliente.

Hoje mesmo chegou um brasileiro, e a pessoa que deveria recepciona-lo bem, acabou criando um climão porque ele não falava inglês e mal entendia o espanhol vomitado por ela.

É uma superioridade sem tamanho de uma pessoa que trabalha em uma recepção.

A pessoa ficou puta, maltratou o brasileiro tentando gritar em espanhol rapidamente. E é claro que ele não entendeu.

A sorte, é que aqui existe uma iluminada – Argentina – que visitou o Brasil várias vezes e entendia o português. Salvou o nosso amigo brasileiro falando portunhol, lentamente.

Ela ajudou o cara, com paciência, e ele entendeu tudo.
Resultado: o cara vai ficar aqui uma semana.

Meu roommate, alemão e com uma serenidade sem tamanho, super de boa, recebeu dois chineses que chegaram no meio da noite na recepção, sem falarem nada de inglês.

O que ele fez? Convidou os asiáticos para irem junto com ele pro outro lado do balcão, na frente do computador, pra traduzir, no Google Translator, as informações que eles precisavam do chinês para o inglês.

É óbvio que o chineses ficaram felizes. Por mais que o atendimento não fosse 100% do que o desejado, eles perceberam o empenho daquele que se dispôs a se colocar no lugar do outro.

Não é gritando, humilhando, ou fechando a cara para uma pessoa que se resolve um problema.

Se a pessoa é um desafio no seu negócio, você tem que ser a solução.

Ninguém merece passar por xilique xenofóbico. Muito menos um cliente, que dá prejuízo pro próprio negócio onde se trabalha.

Além de ajudar o brasileiro hoje, a argentina recebeu um grupo de espanhóis. Eles vieram de uma universidade pra apresentar projetos de startups no vale do silício.

O grupo vai passar um mês aqui com a gente e será uma grande experiência no mínimo interessante.

#EmpatiaÉTudo

Anúncios

Sobre Gustavo Santi

Blogger @MKTfocus Partner at @LaboratoriumBr Articulist @Ecommerce_Br Twitter @gustavosanti
Esse post foi publicado em Humanismo, Viagem. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s